26 de outubro de 2017

É, eu sei que estamos praticamente no final de outubro, mas sempre é tempo de falar sobre esse assunto que é TÃO IMPORTANTE.

outubro-rosa

Câncer de Mama sempre foi um assunto que eu confesso só recordar no mês de outubro, nunca tinha conhecido ninguém que tinha tido essa doença e que fosse próximo de mim (ok, tinha uma amiga da minha mãe, mas eu não acompanhei de perto)…

Até que no ano de 2015 uma das minhas melhores amigas descobriu ter o câncer de mama…sim, uma menina nova, com apenas 29 anos, com um filho novinho, menos de um ano e com câncer. Foi aí que eu vi de perto a importância do exame de toque, a importância de fazer os exames com frequência, ir ao médico regularmente…

Confesso que não foi fácil pra mim…pensa naquela sua amiga, melhor amiga mesmo, um doce de pessoa…ela tinha se mudado de país e eu estava prestes a visitá-la…e assim que ela chegou lá veio tudo a tona…

De longe foi difícil dar suporte, mas eu sabia que minhas orações sempre chegariam até ela…

Pelo pouco que conversávamos quando ela estava em tratamento eu conseguia sentir 0,1% da dor que ela sentia e do quão doloroso foi o tratamento. Depois da quimio ela teve que fazer a cirurgia da retirada da mama e depois outra cirurgia na axila. E isso tudo em outro país…imagina só…

Enfim, contei um pouquinho dessa história, que eu acompanhei “de perto” pra mostrar pra vocês que qualquer pessoa, infelizmente, tem chances de ter a doença, não são somente mulheres em idade avançada.

Mas que graças a Deus, no caso dela, no final ficou tudo bem… =)

Ano passado fui visitá-la e ela estava LINDA, mais linda ainda….super saudável, vivendo uma vida normal… obviamente com acompanhamento médico, tomando suas vitaminas e remédios pós tratamento… já bem mais cabeluda (sim, ela perdeu todo o cabelo).

E duas coisas que aprendi nessa história toda, acompanhando o que aconteceu com ela é que primeiro de tudo, JAMAIS PERDER A FÉ! Outra coisa é a importância de você se conhecer e se cuidar, ir ao médico é importante sim, fazer o auto exame também (o exame do toque na mama – que aprendi ontem que o importante é fazer o exame do toque de 5 a 7 dias depois da menstruação)….

E o câncer de mama tem cura SIM e o quanto antes você souber melhor, facilita no tratamento!

É, o tratamento não é fácil, nem pra quem está com a doença mas também para a família… mas ele existe e está aí curando tantas mulheres…

Fica aqui uma imagem de como fazer o auto exame ;-)

autoexamemama-outubrorosa

Amiga, dedico esse post a você, uma mulher tão forte, tão guerreira, que passou por essa doença com tanta fé, com tanto amor no coração, sempre passando tranquilidade pra gente e me ensinando tanto durante todo esse perído…te amo muito!



15 de agosto de 2017

fone-de-ouvido-higiene1

É, eu sei que esse não é o tipo de assunto que vocês lêem aqui no blog, MAS, acho de extrema importância ter conhecimento sobre isso, uma vez que todo mundo usa fone de ouvido hoje em dia (eu em especial uso todos os dias rs)

Uma pesquisa realizada com fones de ouvido e headfones constatou a contaminação por aproximadamente 10 mil fungos e bactérias, que podem causar de coceiras e micoses até infecções mais graves, incluindo risco de perda de audição. A análise, feita pela faculdade de biomedicina da Devry Metrocamp, em Campinas (SP), considerou a falta de higiene correta dos objetos, e os pesquisadores alertam para os problemas no compartilhamento de fones.

Segundo a bióloga, professora e coordenadora do estudo, Rosana Siqueira, durante três meses foram avaliados 40 fones, sendo 30 do modelo mais comum (que se encaixa na cavidade da orelha) e outros 10 headfones. Os aparelhos analisados pertenciam a jovens e adultos, que costumavam emprestar a outras pessoas e não tinham, na maioria, o hábito de higienizá-los.

Em 87% dos fones foi encontrada contaminação em maior quantidade, inclusive da bactéria Staphylococcus aureus, responsável por infecções de pele – como furúnculo, impetigo -, abcessos, e também infecções das vias aéreas superiores, entre elas, otites e sinusites. Em alguns casos, pode levar até a meningite.

“Se os micro-organismos invadirem a região mais interna do ouvido, podem atingir os nervos auditivos, e isso pode afetar o sistema nervoso central e pode ocasionar, em alguns casos, a meningite. Tem que tomar cuidado, principalmente as crianças, que o sistema imunológico ainda está em formação, e idosos também. As pessoas que já tenham uma predisposição”, alerta a pesquisadora.

Entre os fungos, o Candida ssp, que também pode provocar infecções oportunistas no organismo de pessoas com a imunidade baixa, também preocupou os pesquisadores. Dependendo do sistema de defesa de cada pessoa, os micro-organismos podem chegar em órgãos importantes do ouvido e afetar a anatomia.

“Afetando a anatomia, você pode ter problemas de audição e até mesmo a labirintite”, completa a pesquisadora.

“Fiquei assustado com os fungos. É um micro-organismo que tem o desenvolvimento lento e, quando aparece, é muito difícil de tratar. Causa otomicose. A pessoa que usa muito antibiótico, e fica propensa a isso, não consegue tratar com antibiótico, precisa tratar com antimicótico”, afirma o pesquisador e aluno de biomedicina Márcio José Evangelista Júnior.

headphone
No caso dos headfones, todos os analisados tinham a presença de Staphylococcus aureus, mas em menor quantidade, o que torna seu uso um pouco mais seguro, segundo a pesquisadora. Esse modelo fica em contato com a parte externa da orelha, e também com a pele e o cabelo, ambiente que também favorece o crescimento de fungos e bactérias.

“Mesmo não tendo contato com a cera, está em contato com outras partes. As partes externas da orelha também têm contaminação. [...] A forma de contaminação diminui, mas não deixa ele isento de ocasionar esses problemas”, comenta Rosana.
A solução para afastar os riscos é a limpeza adequada dos dispositivos [veja como fazer no vídeo, acima].

A pesquisadora ressalta que ouvir o som muito alto nos fones também prejudica e altera a estrutura auricular, podendo causar também problemas de saúde, como a perda de audição.

INFORMAÇÃO IMPORTANTE

Não compartilhe

O compartilhamento dos fones com outras pessoas não é indicado porque, além dos micro-organismos, a flora auditiva varia de pessoa pra pessoa e há o risco de pegar uma infecção.

“Se é individual, é seu. Evite emprestar. Porque a sua flora é diferente da flora da outra pessoa. É o que a gente chama de contaminação cruzada. A predisposição de uma pessoa é diferente da outra”, afirma Rosana.

Cera ajuda ou atrapalha?

Segundo Rosana, os fones mais internos acabam entrando em contato com a cera do ouvido. Quando os objetos não são limpos, acabam expostos a outros ambientes e outros micro-organismos que se prendem aos fones.

“Quando a gente coloca o fone, você abafa o canal auricular e isso deixa uma temperatura ideal para aqueles micro-organismos, eles têm alimentos, têm nutrientes. A tendência é aumentar a quantidade. [...]A cera proporciona a aderência de mais micro-organismos, poeira, sujeira, fios de cabelo e isso é prejudicial, porque vai fazer com que esses micro-organismos aumentem ainda mais”, explica.

O otorrinolaringologista do Hospital da PUC de Campinas Bruno Bernardo Duarte explica que a cera é uma proteção da orelha, inclusive por ter PH ácido, que não permite, normalmente, o crescimento de fungos e bactérias. No entanto, o uso frequente de fones de ouvido e de cotonetes tende a reduzir a formação de cera, deixando o ouvido mais exposto a riscos de otites.

“Com certeza esse aparelho vai ser contaminado por fungos e bactérias. [...] Num dado momento que não tenha a cera e esteja com a imunidade baixa, pode levar a uma contaminação. Pode aumentar o risco de uma otite externa”, afirma Duarte.

Tratamento difícil

O tratamento dos males provocados à saúde pelo uso de fones não é algo tão simples, segundo o médico otorrinolaringologista. As infecções podem se tornar crônicas.

“São bastante incômodas e difíceis de serem tratadas. A primeira coisa é procurar um otorrino se estiver sentido dor de ouvido, coceira excessiva, diminuição de audição. Se o conduto auditivo estiver inflamado, ele incha. Tem a sensação de que o canal está mais estreito. Pode ter uma secreção geralmente não fétida e, às vezes, a dor é ao tocar. Se ignorar os sintomas pode acontecer um desconforto muito grande, muitas vezes insuportável”, explica Duarte.

Durante o tratamento, com medicamentos antifungicos e antibactericidas, o paciente precisa ficar sem usar fones de ouvido e cotonetes por cerca de 15 dias, segundo o médico. O tratamento também costuma ser acompanhado de anti-inflamatórios e analgésicos.

Pesquisador vítima dos fones

O pesquisador Márcio José Evangelista Júnior, de 21 anos, propôs a pesquisa após ser vítima dos fones. Desde a infância tem problemas auriculares recorrentes e há dois anos teve duas infecções no ouvido. Ao fazer exames para investigar a causa, foi constatada a infecção pela bactéria Staphylococcus aureus.

“Usava [fones] boa parte do dia, no ônibus, em casa. Toda hora eu estava com fone, para conversar com as pessoas. [Com a pesquisa] fiquei meio assustado porque vi que era do fone que estava vindo isso. Tive que diminuir o uso e fazer mais higienização, que eu não tinha o costume”, conta.

Limpeza eficiente

limpeza-fone-de-ouvido

A limpeza dos fones e headfones deve ser feita com um tipo de álcool que não agride os contatos eletrônicos do aparelho, o álcool isopropílico. Com um cotonete ou um pedaço de algodão, o usuário deve passar o produto na parte que fica em contato com a orelha e também nos fios.

A higiene precisa ser feita todos os dias, antes e após o uso, ou, no mínimo, uma vez por semana. Álcool comum ou água e sabão não devem ser usados, pois podem danificar o fone.

“O ideal é deixá-los em local arejado porque isso ajuda a eliminar os micro-organismos. Principalmente os headfones, porque eles têm uma película e ela vai aderindo, então é ideal que faça a higienização. Deixa ele secar. O problema é a lubrificação e a umidade, que a gente libera pelo suor e pela cera, porque facilita o acúmulo de micro-organismos e sujeiras “, explica.

No caso do headfone, quando ocorrer algum rasgo na película ele deve ser trocado. Mesmo assim, ela reafirma que não é recomendado compartilhar o fone com outras pessoas.

 

 Fonte: Gazetaweb



8 de maio de 2017

Eu como boa publicitária adoro compartilhar esse tipo de informação.

Sabia que a marca de chás e infusões Twinings fez uma pesquisa e constatou um dado interessante aos notar que os níveis de otimismo da população do Reino Unido (e no restante do mundo) vem caindo devido recentes acontecimentos na economia, na política, etc.

E para tentar levantar esses níveis, a marca se juntou com nada mais nada menos que a Pantone para criarem uma nova cor que pudesse animar as pessoas quando olhassem para ela ou seus tons.

A cor escolhida é um tom de azul que remete os céus ensolarados, para proporcionar essa sensação de sol o dia todo, batizado assim de “Otimismo Natural”.

pantone-optimism

Achei demais…a cor é linda mesmo! Tomara que sirva exerça a função dela e que realmente “ajude” as pessoas ao olhar ou vivenciar a cor!

Fonte: Comunicadores.info



11 de abril de 2017

Hoje venho compartilhar uma dica ótima para quem gosta de fast fashion.

Riachuelo agora terá e-commerce =) fiquei super contente quando li a notícia e fui atrás da assessoria para compartilhar com vocês essa informação.

Riachuelo_logo_2013

A empresa investiu novo canal  R$ 28 milhões para poder atender a demanda.

Jonas Ferreira, head do e-commerce da Riachuelo, explica que o maior desafio do projeto foi implantar toda a plataforma em sinergia com a operação física e com o Centro de Distribuição da companhia, que atenderá às demandas das duas operações. “É uma tarefa complexa, que exige mudanças culturais, processuais, além de impactar diretamente a rotina dos colaboradores”, explica o executivo. Em 2015, a Riachuelo investiu R$ R$ 250 milhões na modernização de um novo CD, localizado em Guarulhos, para ampliar a capacidade de expedição da companhia e apoiar a nova plataforma de vendas pela internet.

Na prática, o maior beneficiado com a integração dos canais é o consumidor, que poderá realizar trocas e cancelamentos, além de tirar dúvidas sobre compras realizadas no e-commerce no ambiente físico, tudo isso com o auxílio dos colaboradores das lojas.  Futuramente, também será possível realizar compras pelo site nos próprios pontos de venda da Riachuelo. “Chegamos nesse mercado depois dos maiores players, o que nos permitiu analisar o que deu certo ou não. Percebemos que a maioria das companhias tratava o e-commerce como outra empresa, sem nenhuma sinergia com a operação física, o que gera diversos problemas”, avalia.

Além da integração on e off-line, a interface do e-commerce da Riachuelo traz diversas funcionalidades, como propostas de soluções para combinar looks, sistema de busca personalizada, possibilidade de verificar medidas do corpo e navegação dividida por categoria, produto e estilo. O site também disponibilizará informações e referências de moda para auxiliar os consumidores no momento da compra.

Apesar do impacto da nova operação em toda a companhia, somente duas novas áreas foram criadas na Riachuelo: a do e-commerce, que fará toda a gestão do negócio e a interface com as demais áreas, e um estúdio próprio de fotografia implantado na sede da companhia, que facilitará o processo de fotografar os produtos em linha com o conceito da companhia. “Isso significa que todas as demais áreas foram sinergizadas à realidade do e-commerce, justamente para que a proposta da de omnicalidade e de integração de processos acontecesse de forma orgânica”, diz Jonas.

Sobre a Riachuelo
Agilidade na produção e rapidez na distribuição. São esses os fatores que garantem a Riachuelo o posto de maior empresa de moda do Brasil e referência no setor de fast fashion. Com o maior parque fabril da América Latina, a empresa cria e produz suas coleções feminina, masculina, infantil, de moda casa e acessórios, sempre tendo como referência as últimas tendências das passarelas internacionais. Atualmente, a rede possui mais de 22 milhões de clientes no cartão Riachuelo e mais de 285 lojas próprias espalhadas pelo Brasil.

Pra mim que AMO moda e AMO marketing e AMO internet, quando li essa notícia, fiquei super empolgada e curiosa para ver o resultado (alô Riachuelo, se quiser me contratar, tamo aqui, rs! Sério acho esse tipo de interação e serviço muito legal, deve ser muito bacana poder trabalhar com isso.

Para você que ainda não conhece a loja, acesse o site deles, a moda que eles estão produzindo é bem diferenciada, desde sapatos, roupas fitness e as peças que estão na moda mesmo. Passei a gostar dos produtos deles de uns 3 anos pra cá, antes confesso que não achava os produtos originais e hoje já acho que eles pensam tanto nos detalhes, que você não encontra produtos como os deles em outras lojas, são produtos com bastante personalidade.

Agora é esperar pra ver o resultado final de todo esse investimento. E para você que não tem a Riachuelo na sua cidade (meu caso), depois me conta como foi sua experiência nas compras com a Riachuelo ;-)



17 de junho de 2016

E chegou junho e com eles começam as FESTAS JUNINAS né?!

festa junina

Eu já tive uma festinha pra ir e semana que vem já tenho outra.

Mas o que usar para ir nessas festas? Um look fashionista caipira ou um look caipira original, desses beeeem bonitinhos?

Pois bem, quem decide é você, e por isso eu vim aqui hoje para dar algumas dicas bem bacanudas de looks legais que vocês podem montar, sejam eles fashion ou bem caipirinha mesmo =)

Você pode improvisar com as roupas que você tem no seu guarda roupa mesmo e só dar uma customizada.
festa junina-look

Esse look eu confesso que eu queria fazer um IGUAL! Amei a ideia dessa saia de tule com laços vermelhos! Da pra você comprar tule ai na sua cidade mesmo e confeccionar hein, não tem nada de complicado.festa junina-look1

 

Looks mais básicos com a camisa xadrez também são bem vindos! Quem não tem uma saia jeans e uma bota para compor um look né?!festa junina-look2

festa junina-look3

Esse look abaixo mais fashionista ainda e LINDO! Já queria pra mim também, rs!festa junina-look4

 

E como falei, a boa e velha camisa xadrez pode compor o look de várias maneira, seja com calça ou saia.festa-junina-fashion

festa-junina-fashion-01[9]

 

Mas se você não tem nada disso em seu armário, ainda temos os acessórios que podemos usar para compor um look junino né?!

Tem as tranças também que nos deixam mais charmosas nessa época.

São vendidas em várias lojas as tiaras com fitas e mini chapéu de palha pra deixar você uma caipirinha linda.

festa-junina-tiaras-caipirinha

E se você tem uma fita de cetim em casa e boa vontade, da pra fazer uns penteados fofos (além das tranças). Na montagem abaixo a fita é vermelha, mas você pode colocar mais de uma cor de fita.

festa junina-penteado

 

Gostaram das opções?! E tudo isso você pode ter dentro do seu guarda-roupa e não vai precisar gastar muito. Mas é claro, se quiser investir num bom vestido de festa junina, se joga, acho tão fofos esses vestidos com tecido chita.



15 de junho de 2016

Fiquei sabendo dessa campanha super bacana da marca Puket e tinha que compartilhar com vocês e deixar registrado aqui no blog.

Algo super simples que podemos fazer e que são doados as pessoas que precisam agora no inverno, a campanha #MeiasdoBem

meiasdobem

É super simples, você só precisa juntar as suas meias velhas (sim, até meia furada, aquelas que você só tem um pé e não tem mais o par) e levar a uma loja Puket (para você que é de Campinas, os pontos de arrecadação são: Lojas Puket dos shoppings Iguatemi Campinas, Galleria Shopping e Shopping Dom Pedro) e para saber se tem alguma loja pertinho de você, é só clicar nesse link.

No vídeo abaixo eles mostram um pouco como funciona a campanha e acredito que você também pode fazer parte dela né?! É super simples e não vai te custar nada. Que tal reunir meias com o pessoal da sua rua, da sua igreja, local de trabalho?! E depois é só deixar lá em uma das lojas e você já fez sua parte ;-)



25 de maio de 2016

Nossa estou TÃO feliz em vir compartilhar este post com vocês…

Quem assiste meus snaps (me segue lá menina imperiofeminino) sabe que eu sempre reclamo que o nome COR DA PELE ou NUDE é MUITO variável de pessoa pra pessoa, afinal de contas, o que é nude pra mim, não é nude para Gisele Bundchen certo? E não digo isso por ela ser famosa e modelo, digo porque eu tenho pele morena/negra e ela tem a pele branca, ou seja, o meu COR DA PELE é diferente do dela.

Pois bem, a marca NAJA decidiu por criar uma linha de lingerie com 7 – SETE – tonalidades diferentes de cor da pele – nude – e todas em tamanhos que vão do XS (seria o PP aqui no Brasil) até o XXL que é seu maior tamanho.

naja-lingerie

 

E olha outra coisa bacana, ninguém ai da foto é modelo viu, pelo contrário, são mulheres reais e “normais”!

AMEEEEEEEI a marca NAJA e essa campanha NUDE FOR ALL (Nude para todas) e espero que as marcas nacionais se inspirem nisso não somente para lingerie mas também para maquiagem =)



16 de maio de 2016

Eita que Dia dos Namorados já está chegando (de novo?! o tempo está voando né?!) e as Havaianas, como sempre, fez um lançamento especial da marca com os personagens de Popeye (os mais novinhos nem vão lembrar desse desenho, mas era febre quando eu era pequena, rs)

Havaianas-Popeye

Logo mais vocês já devem encontrar pelas lojas a nova coleção (e não esqueçam hein? Dia dos namorados é 12 de Junho. Você não precisa obrigatoriamente comprar nada, mas claro, dê muito amor e carinho para a pessoa amada <3

Em breve vou fazer alguns posts especiais para o dia dos namorados, quais dicas vocês gostariam de ver por aqui?!



29 de março de 2016

Yey, agora eu também tenho uma lojinha lá no Enjoei! Vocês já conhecem esse site?! É bem bacana sabe, lá vocês encontram de um tudo, roupa, sapato, acessórios, algumas peças novinhas, com etiqueta ainda, mas outras já usadas, porém semi novas.

Pois bem, criei a lojinha lá para vender algumas peças que eu quero me desfazer mas tenho dó de mandar para doação (eu faço doação a cada 6 meses, sabe aquela rapa no guarda-roupa, mas tem algumas peças que eu prefiro revender).

E se você quer conhecer a minha lojinha e até criar uma lojinha sua também (isso mesmo, cria uma lojinha sua, aproveita para vender algo que você não usa mais ou então comprou e se arrependeu e tá com a etiqueta sabe?!). Aproveita e clica aqui nesse link e já faz a sua lojinha online, é MUITO simples…depois me contem aqui nos comentários quem criou e como é sua lojinha, ok?!

enjoei



16 de março de 2016

imperio-feminino

Quanto mais você pensa no mal, mais o mal se instala em sua vida. Quanto mais pensa ou fala de doenças, mais doenças você atrai. Quanto mais reclamar da pobreza e falar de seus problemas, mais eles irão aumentar. Quanto mais falar e reclamar dos amigos, da sociedade, do governo, do seu trabalho, mais tudo isso vai piorar e chegará a um ponto onde a solução se tornará praticamente inviável.
Falar excessivamente de coisas negativas, reclamar e se queixar é dar força ao mal, é dar combustível a ele, é alimentá-lo. É estar no mal. Estar no mal não é apenas fazer o mal aos outros. Toda pessoa que é pessimista, que cultiva a tristeza, que não confia em si, que tem medo do mundo e cultiva pensamentos negativos está também no mal e aqui vai uma revelação: a pessoa que faz mal a si mesma é muito mais culpada do que aquela que faz mal aos outros, isso porque nós somos a essência divina e nosso dever é primeiro conosco, para, em seguida, com o próximo.
Fale sempre de amor, de paz, de prosperidade, de saúde, de alegria. Crie motivos para sorrir, gargalhar, invente coisas positivas para fazer, leia livros que tragam ensinamentos positivos, assista a programas que elevem seus pensamentos, busque conviver com pessoas saudáveis e que possuam bom humor. SE ISOLE DO NEGATIVISMO DO MUNDO. O mundo enlouqueceu, mas você não precisa enlouquecer junto com ele. Cada um é que cria seu próprio mundo e vive nele colhendo suas consequências. Crie para você um mundo feliz e colherá sempre, as flores da harmonia.
Mauricio de Castro